Limeirense que agrediu companheira em região de cirurgia bariátrica é condenado pela Justiça

Em julgamento realizado nesta terça-feira (23/11), o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) decidiu manter a condenação de um homem pelo crime de lesão corporal dolosa praticado contra sua companheira. Chama a atenção o local em que a mulher foi atingida: na barriga, onde havia feito uma cirurgia bariátrica.

O caso aconteceu em setembro de 2016, na região do Parque Nossa Senhora das Dores. Em juízo, o homem disse houve apenas uma discussão com a vítima, além de troca de ofensas, sem agressões. A versão, porém, ficou isolada no processo.

A mulher confirmou à Justiça que, na data dos fatos, discutiu com o companheiro, que a agrediu dentro do carro. Falou que, assim que ele desembarcou, procurou a ajuda de guardas civis. Na fase policial, ela detalhou que o acusado “desferiu um soco em sua barriga, na região em que havia feito uma cirurgia bariátrica, um soco em sua boca, bem como puxou seus cabelos”.

O laudo comprovou que os ferimentos foram de natureza leve, no rosto e no abdome. A pena aplicada pela Justiça de Limeira – três meses de detenção – foi mantida pelo TJ. A pena será cumprida em regime inicial aberto.

Foto: Marcos Santos/USP

Compartilhe

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

1 × 2 =

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.