Homem que atirou copo e feriu ex-namorada em Limeira é condenado por tribunal

Inconformado com sua condenação pela Justiça de Limeira, um limeirense recorreu ao Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) para reverter a decisão que o condenou a três meses de detenção por lesão corporal à ex-namorada. O recurso foi julgado na última semana, sem sucesso para o réu.

O caso aconteceu em dezembro de 2019, durante a noite, em um estabelecimento comercial na Av. Maria Thereza Silveira de Barros Camargo, altura da Vila Ferreira. A agressão ocorreu durante desentendimento em um bar.

Segundo o Ministério Público, o homem jogou um copo de vidro contra a ex-namorada. O objeto atingiu o rosto da mulher e causou lesões corporais de natureza leve.

Em sua defesa, o acusado disse que foi sua ex-namorada que tentou agredir sua acompanhante com um murro. Sua versão é de que interveio para separar a briga.

O tribunal, no entanto, considerou o relato da vítima e de uma testemunha ocular da agressão. “Evidente que a decisão condenatória é acertada e deve ser mantida em sua integralidade”, apontou o relator do caso, desembargador Ivo de Almeida.

A pena deverá ser cumprida em regime inicial aberto. Cabe recurso contra a decisão.

Foto: Divulgação/Senado

Compartilhe

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

quinze + 2 =

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.