GWM começa a funcionar em Iracemápolis na segunda-feira e contratações serão gradativas

Inaugurada oficialmente nesta quinta-feira (27), a montadora chinesa Great Wall Motors (GWM) começa a funcionar em Iracemápolis já a partir de segunda-feira (31), informou Pedro Bentancourt, Chief Relations Officer (CRO) da GWM Brasil. Já foram iniciadas algumas contratações, mas os 2 mil empregos diretos serão criados gradativamente até 2025.

Outros 8 mil serão indiretos, “mas empregos decentes, com carteira assinada, com possibilidade de crescimento pessoal e familiar. Esta é a principal contribuição de responsalidade social de uma empresa automobilistica”.

E para as novidades que a GWM prepara para o Brasil, com a intenção de tornar a fábrica de Iracemápolis base de exportações para as Américas, irá, primeiro, fazer alto investimento em sua cadeia de produção.

Neste ano, a fábrica passará por modernização e incluirá processos digitais na produção e linha de montagem inteligente. Nos 3 primeiros anos, serão investidos cerca de R$ 4 bilhões.

Com os investimentos, passará a atual capacidade produtiva da planta de 20 mil para 100 mil veículos. Será a maior operação da montadora fora da China.

Na apresentação de hoje, em que estiveram presentes autoridades de toda a região, representantes dos governos estadual e federal, e da direção global GWM, outra informação importante foi apresentada por Oswaldo Ramos, diretor comercial da marca no País. “Serão lançados 10 modelos em 3 anos. O lançamento de importado ocorrerá no 4º trimestre de 2022 e os nacionais, fabricados em Iracemápolis, no segundo semestre de 2023”.

Muito especulou-se sobre os veículos que seriam produzidos, mas de acordo com ele, os carros que serão lançados ainda não existem na indústria brasileira. Estão em desenvolvimento, mas serão SUVs e picapes.

Clique aqui e confira como se cadastrar para tentar uma vaga na empresa.

Compartilhe

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

oito + 19 =

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.