Limeirense que furtou peças de picanha é condenado

A Justiça de Limeira condenou na última terça-feira (21) um morador de Limeira que, no ano passado, furtou e tentou furtar peças de picanha de um mesmo supermercado nas imediações do Jardim Florença. A sentença é do juiz Guilherme Lopes Alves Lamas, da 2ª Vara Criminal.

Um dos crimes ocorreu em plena luz do dia, por volta das 16h do dia 4 de maio e, na ocasião, ele levou duas peças de picanha avaliadas em R$ 244. No dia 13 daquele mesmo mês, ele retornou ao estabelecimento e tentou levar mais duas peças da mesma carne escondidas dentro da calça, mas foi abordado pelo segurança, tentou se desfazer do alimento, acabou detido e identificado como R.L.O.. O primeiro crime só foi descoberto porque, após a prisão, os seguranças analisaram as imagens de monitoramento de identificaram o furto anterior.

Após ser denunciado e se tornar réu, R. confessou os crimes. “Estando a confissão em harmonia com os demais elementos de prova, a condenação é medida de rigor. Não há que se falar em insignificância, pois os bens furtados atingem quase R$ 500, valor substancial e que, portanto, não configura irrelevante penal”, considerou o juiz.

O réu foi condenado à pena de dois anos e seis meses de reclusão e poderá recorrer em liberdade. Cabe recurso.

Foto: Diário de Justiça

Compartilhe

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

5 × 4 =

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.