Licitacil vai preparar empresários de Limeira para licitações públicas

A Associação Comercial e Industrial de Limeira (Acil) e o Observatório Social do Brasil – Limeira formaram uma parceria que tem como objetivo disponibilizar aos empreendedores limeirenses um ecossistema de serviços voltados às compras públicas possibilitando uma nova fonte de faturamento às empresas da cidade: o Licitacil.

A parceria entre as entidades acontece desde 2018 por meio de várias ações e projetos com o objetivo de retornar as compras públicas à cidade, preparando e incentivando a participação de empresas limeirenses nas licitações locais. E mesmo com resultados positivos ao longo dos ano; como a capacitação gratuita de 150 empresas, gerando um retorno de R$ 7 milhões para Limeira através das licitações, além do reconhecimento dessas iniciativas através do troféu entregue pelo Sebrae em 2019 pelo 1º lugar na categoria: “Compras Governamentais de Pequenos Negócios” com o projeto “Estimulando os micro e pequenos empreendedores”; chegou-se a conclusão de que era preciso avançar e aperfeiçoar ainda mais essas ações a fim de aumentar a participação dos empresários.

O projeto também busca desmistificar questões relacionadas às licitações, fazendo com que os empreendedores entendam que podem sim adequar seus negócios para lucrarem através das compras públicas. “Alguns empresários se afastam das licitações por várias razões, como excesso de documentos e burocracias, desconfiança na capacidade de pagamento do poder público, desconfiança no rito competitivo entre os licitantes com possibilidade de corrupção, além de acreditar que os grandes fornecedores estão sempre em maior vantagem em relação às empresas locais. Precisamos mudar esse pensamento e é isso que estamos buscando com o Licitacil”, explica Luciano Faber, presidente do Conselho de Administração do OSB-Limeira.

De acordo com o presidente do Conselho Consultivo do OSB-Limeira, Raul Groppo, o principal desafio do projeto é reverter o quadro que mostra que 85% das compras realizadas pelo Poder Público de Limeira vão para fornecedores de outras cidades, o que equivale a um montante de R$ 130 milhões anuais.

“Se mais empresas limeirenses estiverem nas licitações, maior será o impulso na economia local e, quanto mais participantes tiverem essas concorrências, mais transparência será garantida e mais ganho terá a administração pública”, explicou Groppo. Por meio da capacitação de empresários e colaboradores e da conexão de especialistas em compras públicas, o Licitacil será uma ferramenta para que fique em Limeira uma fatia maior dos valores envolvidos nas licitações.

Parceiros
O Licitacil oferecerá um catálogo de serviços gratuitos e pagos, através dos quais os interessados poderão se lançar com mais sucesso nos processos de compras públicas. E para contribuir com a ACIL e o OSB-Limeira nessa etapa, foram feitas parcerias com o Sebrae-SP, que irá ofertar cursos específicos para os participantes; Bolsa Eletrônica de Compras (BEC), que possui uma plataforma na qual operam a maioria das licitações limeirenses, e que poderão também oferecer capacitações técnicas para melhor utilização da plataforma e operação com os editais; a LicitaMaster, que irá oferecer treinamentos teóricos voltados aos empresários que desejam entender a legislação e as oportunidades que envolvem as licitações, e a PSN Gestão Contábil e Empresarial, empresa especializada em assessoria para licitações, com capacidade técnica para acompanhar e apoiar o empresário do começo ao fim do processo de licitação.

“O Licitacil é um grande projeto e a ACIL está apostando muito no sucesso dessa iniciativa, visto a equipe competente que está à frente do projeto para que ele se conclua e tenha um grande êxito, pois vai ajudar as empresas a ter mais um segmento de atuação”, afirma o presidente da ACIL, José Mário Bozza Gazzetta.

Segundo Gazzetta, a união entre ACIL e OSB-Limeira sempre foi muito produtiva e essa nova iniciativa com certeza vai gerar grandes negócios para o mercado. “E, mais importante, o empreendedor vai começar a participar das concorrências públicas, inclusive da nossa cidade, fazendo com que o dinheiro permaneça em Limeira, fazendo com que as compras da Prefeitura, por exemplo, sejam revertidas em investimento local, através da participação dos empresários nas licitações municipais”, destaca.

Primeira turma
O primeiro grupo de empresários que irão participar do Licitacil já está formado. O processo de seleção foi realizado no ano passado, com o convite do OSB-Limeira à algumas empresas associadas à ACIL que representam diferentes segmentos e níveis de atuação em licitações. Foram realizadas entrevistas para avaliar a vivência de cada uma com o processo de compras públicas para que as diretrizes do projeto pudessem ser avaliadas e projetadas.

Haverá abertura de novas inscrições? Sim. As novas turmas serão organizadas de acordo com a demanda. “As empresas interessadas deverão entrar em contato com a equipe Licitacil e passar pela fase inicial de diagnóstico para que possamos entender expectativas e oferecer o direcionamento mais adequado para cada tipo de negócio. Dessa forma, nossa expectativa é que novas turmas sejam formadas no mês de março”, explica Faber.

Interesse
Para atender os empresários que desejam mais informações sobre o projeto, foi criado um canal de atendimento exclusivo do Licitacil através do e-mail contato@licitacil.com.br. Outra alternativa é o WhatsApp do OSB-Limeira: (19) 98354-0174.

Foto: Banco de Imagens/TJMG

Compartilhe

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

quinze − 9 =

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.