Empresas são acusadas de uso indevido de imagem de médico

O grupo Elsimar Coutinho – que engloba o laboratório Elmeco e as clínicas que levam o nome do seu fundador – acionou juridicamente empresas que, conforme o grupo, sem autorização, utilizavam indevidamente o nome do médico e cientista Elsimar Coutinho para divulgação de produtos e serviços, inclusive com abordagens a clientes e colaboradores do grupo que detém os direitos do legado do dr. Elsimar.

As denúncias ao grupo chegaram após prescritores, fornecedores e amigos descreverem as abordagens com empresas se apresentando como sucessores ou representantes vinculados ao legado do professor Elsimar “de maneira totalmente indevida”.

“Divulgação das empresas […] buscam vincular suas operações com a pesquisa e as atividades idealizadas e desenvolvidas pelo saudoso Professor Elsimar Coutinho. Chegando a alegar que o tem como ‘fonte de inspiração’, a que pretendem ‘dar continuidade'”, diz o grupo em comunicado enviado ao DJ.

O Grupo Elsimar Coutinho reafirma que as duas empresas não mantêm qualquer vínculo histórico ou presente com o Professor Elsimar Coutinho, e que os serviços e produtos que porventura elas ofereçam não têm nenhuma relação com as atividades que, ao longo de décadas, o Professor Elsimar desenvolveu. Portanto, não detêm nenhum direito de uso do nome do Professor Elsimar Coutinho, nem têm vínculo com as organizações que ele idealizou e implementou.

O grupo informou que as práticas anotadas, que atingem a memória do Professor Elsimar e atentam contra as regras de toda e qualquer atividade humana, serão objeto de apuração e de providências, nas instâncias próprias. “Somente as CLÍNICAS ELSIMAR COUTINHO e a ELMECO são os detentores legais do legado do professor ELSIMAR e seguem as condutas e padrões de qualidade e excelência em produtos e serviços que disponibilizam”.

O grupo ainda diz que, “tendo em vista a grave violação à memória do Professor e a ilegalidade das condutas dessas duas empresas, que tentam lucrar mediante captação e usurpação indevida de marca e clientela, e apropriação ilegal da credibilidade, do nome e da história do Professor Elsimar Coutinho e das organizações por ele idealizadas, o Grupo Elsimar Coutinho informa que já tomou as devidas providências para a apuração das responsabilidades e para a cessação das práticas ilícitas”.

Assinam o comunicado: Elmeco Comércio de Produtos Médicos,
Farmacêuticos e Treinamentos Profissional Ltda e Clínica Elsimar Coutinho Ltda.

Compartilhe

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

5 × 4 =

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.