Plano de mobilidade de Cordeirópolis prevê construção de rede de ciclovia

O Plano de Mobilidade Urbana de Cordeirópolis, cujo projeto de lei de autoria da Prefeitura tramita na Câmara Municipal, prevê, dentro de suas metas, a construção de uma rede cicloviária que interligue os bairros.

Conforme diagnóstico apresentado aos vereadores, Cordeirópolis não tem, atualmente, esta rede de ciclovias. Existem apenas 4 km de trajeto destinado à bicicletas, esparsos em uma faixa do Centro residencial, uma trecho na zona sul e também na via que liga o Centro à zona rural.

No Centro, o Executivo admite que as ruas estreitas e com estacionamento nos dois lados não comportam ciclovias. Uma adequação exigiria a proibição do estacionamento em um dos lados. “Esta medida ainda requer grande conscientização da população que solicita vasta área de estacionamento de veículos e ainda não entende a importância da bicicleta como meio de transporte, condenando a instalação de ciclofaixas, principalmente em frente de suas casas”, diz o texto do Executivo.

Uma possibilidade reconhecida pela gestão de Adinan Ortolan é iniciar um sistema de mobilidade por bicicletas a partir da implantação das chamadas ciclorrotas. São ruas que recebem sinalização com placas de regulamentação e advertência, além de pintura de solo com indicação aos motoristas de que a via é rota para bicicletas. Nestes trechos, a atenção do motorista deve ser redobrada e a velocidade reduzida para 30 km/h.

Se a ciclorrota avançar, a Prefeitura de Cordeirópolis acredita que é possível definir um cronograma a médio e longo prazo para a implantação de uma rede cicloviária completa na cidade. Para 2022, o plano prevê R$ 50 mil para iniciar a ciclovia delimitada e sinalizada.

Além disso, o Plano de Mobilidade prevê o aumento do número de bicicletários na região central e nos bairros. A ideia é instalar cinco até dezembro de 2024.

O plano deve ser discutido pelos vereadores com representantes da Prefeitura em audiência que será marcada pela presidência do Legislativo de Cordeirópolis.

Foto: Pixabay

Compartilhe

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

nove + dezoito =

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.