Polícia Civil identifica 2 suspeitos por latrocínio em lotérica de Limeira

A Polícia Civil de Limeira segue no rastro dos envolvidos no latrocínio do comerciante Celso Seigi Okada, 60 anos, dono de lotérica que foi morto no último dia 2 quando abria o estabelecimento comercial, na Rua Pedro Elias, Jardim Vista Alegre. Duas pessoas foram identificadas e tiveram a prisão temporária decretada pela Justiça.

As informações foram divulgadas pelo delegado Carlos Eduardo Navarro, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG). No mesmo dia do crime, os policiais identificaram uma casa suspeita onde estariam os suspeitos do latrocínio, no Jd. Belinha Ometto.

Equipes do 3º Distrito Policial e da DIG foram até o local e viram pessoas fugindo. Foi possível identificar uma dessas pessoas, por meio de um RG deixado no imóvel. Uma arma calibre 32, encontrada no telhado do imóvel, também foi apreendida e a DIG apura se ela foi a utilizada no crime. Conforme o delegado, resultados de exames são aguardados para confrontar as informações.

Segundo a DIG, um dos suspeitos já é investigado por outros crimes cometidos contra lotéricas. Com as informações, a delegacia pediu e a Justiça decretou a prisão temporária por 30 dias. O suposto autor dos disparos tem 21 anos e o outro participante, 23 anos. Ambos seguem foragidos e a polícia tenta localizá-los.

Foto: Denis Martins/DJ

Compartilhe

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

10 + quinze =

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.