Câmara de Cordeirópolis aprova inclusão de educação financeira e empreendedorismo nas escolas

A Câmara de Cordeirópolis aprovou, na sessão desta terça-feira (07/12), o projeto de autoria do prefeito Adinan Ortolan (MDB) que inclui educação financeira e empreendedorismo nas escolas da rede municipal. A ideia era defendida pelo vereador Dhavid Godoy (PL), que fez a sugestão da proposta por meio de indicação ao Executivo.

Em agosto, o vereador apresentou propositura para incluir os dois temas, tanto na rede municipal de Cordeirópolis quando na Educação de Jovens e Adultos (EJA). A intenção é o desenvolvimento de competências financeiras de gestão, administração, planejamento, gerenciamento, avaliação e controle da economia pessoal, familiar e empresarial, fomentando a formação técnica e orientação aos alunos cordeiropolenses.

O objetivo, segundo o parlamentar, é transmitir ao aluno um conjunto de orientação e esclarecimentos sobre as posturas e atitudes a serem adotas para o planejamento e uso dos recursos financeiros pessoais, familiares e no campo empresarial, entre outros.

A proposta recebeu parecer jurídico de inconstitucionalidade por vício de iniciativa, ou seja, ela não pode ser proposta pelo Legislativo. Adinan decidiu acolher a proposta e protocolou o projeto de lei aprovado nesta terça-feira.

O projeto determina que o conteúdo programático de informação e orientação sobre o tema educação financeira será elaborado pelas escolas com o apoio da Secretaria Municipal da Educação, Conselho Municipal da Educação e sociedade civil, devendo abordar, pelo menos, noções de planejamento e gestão; princípios contábeis; inovação; e empreendedorismo.

Para Dhavid, a escola é um dos ambientes mais propícios para que os alunos desenvolvam as habilidades necessárias para o empreendedorismo, já que conta com estrutura adequada, professores responsáveis e colegas que poderão trabalhar em equipe e opinar no trabalho realizado. “No ambiente escolar, diversos projetos podem ser criados, como resolver determinados problemas relacionados à disciplina estudada. Isso significa que é importante que a escola adote o empreendedorismo e a educação financeira para que entendam logo cedo e cresçam grandes empreendedores”, disse, por meio da Câmara.

O projeto será enviado para sanção de Adinan nos próximos dias.

Foto: Pixabay

Compartilhe

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

dois × 2 =

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.