Sancetur confirma reestruturação com demissões na SOU Limeira

Marco Chedid, proprietário da Sancetur, confirmou ao DJ que a SOU Limeira prepara uma readequação em seu quadro geral de funcionários. Mais cedo, durante a sessão da Câmara, o vereador José Eduardo Monteiro Junior (PV) disse que tinha recebido a informação sobre a possível demissão de 106 funcionários da empresa e a notícia causou revolta em alguns vereadores (veja a reportagem aqui).

O empresário confirmou a reestruturação, mas não citou números. “Estamos readequando a empresa de acordo com nossa receita. É uma reestruturação geral, mas ainda não tenho números definidos dos desligamentos”, disse Chedid.

Chedid informou que outras empresas que atuam no transporte público no país estão recebendo subsídio e que em Limeira há duas opções para manter o sistema. “Uma delas é aumentar o valor da passagem e a outra, a readequação. Estamos trabalhando com a segunda”, completou.

A empresa, de acordo com ele, conseguiu pagar os vales dos funcionários e a reestruturação será necessária para manter as contas em dia. “Numa empresa, para cumprir os acordos e manter os compromissos, precisamos fazer as readequações necessárias diante da receita que temos”, finalizou.

O transporte público em Limeira vive dias de polêmica. Na quinta-feira passada, a Câmara rejeitou projeto de lei de autoria do Executivo que tratava sobre a reserva de R$ 20 milhões para o setor. No mesmo dia, no início da manhã, houve paralisação dos serviços. Na sexta-feira, a Prefeitura se manifestou e afirmou que, com a negativa do Legislativo, a empresa assumiria os custos de manutenção do sistema.  

Compartilhe

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

15 + 10 =

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.