Parlamento cria comissão para cobrar extensão do Trem Intercidades até região de Piracicaba

Vereadores do Parlamento Metropolitano de Piracicaba (PMP) fizeram reunião na Câmara Municipal de Limeira e discutiram proposições de interesse da região. O encontro, realizado na manhã desta terça-feira, 23 de novembro, também debateu a economia de baixo carbono como alternativa para o desenvolvimento das cidades e o novo regimento do Parlamento.

De Limeira, estiveram presentes os vereadores: Dr. Júlio (DEM), Tatiane Lopes (Podemos), Lu Bogo (PL), Ceará (Republicanos), Terezinha da Santa Casa (PL), Mariana Calsa (PL), Ju Negão (PV), Elias Barbosa (PSC) e Helder do Táxi (MDB). A vice-prefeita e ex-vereadora Erika Tank (PL) representou o Executivo local.

Por sugestão de Dr. Júlio, o Parlamento Metropolitano aprovou requerimento em que questiona o Governo do Estado sobre o motivo que os municípios da região de Piracicaba foram deixados de fora do Projeto Trem InterCidades (TIC) e se existe algum estudo para expansão. A proposta do governo é priorizar a ligação entre São Paulo e Campinas. O documento também questiona se houve alguma mudança do projeto, já que a proposta inicial previa uma ligação até Americana.

Para debater o assunto e apresentar propostas, foi constituída uma comissão temporária sobre o Trem InterCidades, que será composta por cinco vereadores de variadas cidades.

Como fruto de uma demanda trabalhada pelo Parlamento Metropolitano,  o presidente do Parlamento Metropolitano e presidente da Câmara Municipal de Piracicaba, vereador Gilmar Rotta (Cidadania), anunciou a ampliação da capacidade do Hospital Regional de Piracicaba, a partir de janeiro do ano que vem. “Tanto é que o hospital já está abrindo concurso público para contratação de profissionais”, informou.

Já a vereadora Tatiane Lopes fez requerimentos que questionam a existência de programa de castração de animais domésticos em nível estadual e, caso não exista, se há planejamento para criação; quantas denúncias a Delegacia Eletrônica de Proteção Animal recebeu nos últimos três anos em Limeira; e quantos atropelamentos foram registrados no trecho KM 134,5 (região do Bairro dos Lopes), na Rodovia Anhanguera, desde que a AutoBan assumiu a concessão da estrada.

O Parlamento Regional também aprovou moção, de autoria do vereador Ju Negão, pela regularização das unidades habitacionais do loteamento Parque Residencial Victor D’Andrea, conhecido como Cecap. “É um problema de 40 anos e tenho certeza que, com a intervenção do Parlamento, nós vamos resolver isso”, disse o presidente da Câmara, Lemão da Jeová Rafá.

No final do evento, o economista e assessor da Presidência da Câmara de Piracicaba, Ricardo Buso, apresentou uma proposta aos vereadores de desenvolver a economia de baixo carbono como alternativa para incremento de negócios nas cidades que compõem a Região Metropolitana de Piracicaba. A ideia é levar a proposta ao Governo do Estado, a fim de se criar um programa de fomento à economia de baixo carbono. Segundo ele, esse é o setor da economia que pode ter mais sucesso para o momento pós-pandemia.

Foto: Divulgação

Compartilhe

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

vinte − 8 =

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.