Limeira endurece regras e vai fechar supermercados e shoppings às 19h

Decreto assinado nesta segunda-feira (21) pelo prefeito Mario Botion e que será publicado na edição desta terça-feira (22) pelo Jornal Oficial do Município amplia restrições para várias atividades em Limeira como forma de enfrentar a pandemia de Covid-19. As medidas valem a partir de amanhã (22) e seguem até o dia 30 deste mês. 

O decreto foi baixado em um momento de ocupação total de leitos de UTI na Unidade Referência Coronavírus (URC) e demais hospitais da cidade. O número de infectados pelo coronavírus assim como o de óbitos segue em patamares bastante elevados no município. Somente hoje foram registrados 12 novas mortes em Limeira provocadas pela doença. O decreto reduz o horário de funcionamento de supermercados, padarias, açougues e congêneres, que poderão realizar atendimento presencial entre 6h e 19h, com público limitado a 40% da capacidade total.

Após este horário permitido esses estabelecimentos só poderão funcionar na modalidade delivery. A venda de bebida alcoólica será vedada em qualquer horário aos finais de semana e feriados. Segundo a nova determinação, shoppings e cinemas neles instalados só poderão ter atendimento presencial entre 6h e 19h,  com público limitado a 40% da capacidade total.

Já as academias, clubes e centros esportivos terão que fechar mais cedo, às 18h.O decreto proíbe atividades esportivas coletivas (entende-se por atividades esportivas coletivas: jogo de futebol e similares, basquete, vôlei e similares), tanto em, áreas públicas quanto em áreas particulares; são permitidas as atividades individuais e também as esportivas coletivas profissionais autorizadas pelo Governo do Estado de São Paulo.

Os parques urbanos (Parque Cidade, Bosque Prefeita Maria Tereza e Parque Ecológico Jardim do Lago) estarão fechados, assim como espaços públicos destinados a lazer e prática esportivas.Bares seguem com determinação de fechamento às 18h e não poderão funcionar aos sábados, domingos e feriados.

Também é proibido em qualquer dia e horário a colocação de mesas e cadeiras no passeio público.O consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos em qualquer dia e horário também está vedado.Penalidades para infrações são as mesmas previstas em decreto anterior. 

Outras regras
Lojas de conveniência podem ter atendimento presencial entre 6h e 18h, com público limitado a 40% da capacidade total;  aos finais de semana fica vedada a venda de bebidas alcóolicas; com responsabilidade solidária do proprietário da loja de conveniência e do proprietário do posto de combustível em que estiver instalado,  em caso da venda de bebidas quanto aglomeração no local;

Comércio de forma geral, escritórios, restaurantes, lanchonetes, trailers, foods trucks ou seus congêneres, podem ter atendimento presencial entre 6h e 18h com público limitado a 40% da capacidade total; após este horário permitido apenas na modalidade delivery, proibido o drive thru  e take-away* Salões de beleza e cabeleireiros podem ter atendimento presencial entre 6h e 18h, com público limitado a 40% da capacidade total;* Teatros, museus  e demais atividades culturais com controle de acesso, público sentado, assentos marcados, podem funcionar entre 6h e 18h, limitado a 40% da capacidade total;

As aulas presenciais são permitidas nos limites estabelecidos pelo Governo do Estado de São Paulo, com atendimento  até 18h; após referido horário apenas no sistema  telepresencial, inclusive estágios ou atividades laboratoriais;* Eventos,  convenções e casamentos  já contratados, realizados por promotores de eventos/buffets,  com as devidas licenças, com o devido controle e observância das normas de higiene e capacidade permitidas pelo Plano São Paulo, ficam autorizados até às 21 horas;

Outros Serviços não especificados, essenciais ou não,  podem funcionar entre 6h e 18h, com público limitado a 40% da capacidade total; após referido horário naqueles que couber  apenas no sistema delivery.* Todas as atividades de ordem empresarial, comercial e de serviços, deverão promover os meios de higienização dos espaços utilizados e controle de pessoas nos respectivos espaços evitando aglomerações.

Clique aqui e confira outras mudanças do Decreto 205/2021

Compartilhe

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

2 × 1 =

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.