Doria anuncia aula presencial obrigatória a partir de segunda-feira em todo o Estado

O governador João Doria (PSDB) anunciou, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes no início da tarde desta quarta-feira (13/10), que as aulas presenciais serão obrigatórias nas redes pública e particular do estado de São Paulo a partir da próxima segunda-feira (18/10).

Atualmente, a presença na unidade escolar é facultativa, e o ensino remoto é opcional. Conforme o anunciado, os estudantes deverão retornar às salas de aula, a não ser que haja a apresentação de justificativa médica. Se isto não for feito, o aluno ficará com falta computada nos registros escolares.

Na primeira etapa, o retorno mantém esquema de revezamento entre os alunos, distanciamento de 1 metro e demais protocolos sanitários. Já a partir de 3 de novembro, será obrigatória a presença de 100% dos estudantes simultaneamente, com manutenção dos protocolos sanitários.

“Com o avanço na vacinação no Estado e os indicadores de queda da Covid-19, é possível e viável a obrigatoriedade dos alunos na sala de aula”, relatou Doria. Segundo ele, todos os protocolos sanitários, como o distanciamento, uso obrigatório de máscara e álcool em gel, devem ser respeitados nas escolas.

Os grupos de estudantes que são exceções à obrigatoriedade são: gestantes e puérperas; comorbidades com idade a partir de 12 anos que não tenham completado seu ciclo vacinal contra Covid-19; menores de 12 anos pertencentes ao grupo de risco para Covid-19, para as quais não há vacina aprovada no país; condição de saúde de maior fragilidade à Covid-19, mesmo com o ciclo vacinal completo, comprovada com prescrição médica para permanecer em atividades remotas.

Compartilhe

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

dezenove + 7 =

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.