Acordo entre empresa e trabalhadores impede greve no transporte coletivo de Limeira

Em assembleia na madrugada desta sexta-feira (30/07), os trabalhadores do transporte coletivo em Limeira aprovaram a proposta de reajuste salarial apresentada pela Sancetur, empresa que opera o serviço na cidade. Com isso, os ônibus circulam normalmente.

Desde terça-feira, os trabalhadores estavam em estado de greve e o prazo de 72 horas exigido pela legislação esgotou nesta sexta-feira, quando a categoria estava autorizada a deflagrar a greve. Como houve o aceite da proposta da empresa, a paralisação foi cancelada e os ônibus estão nas ruas.

Sindicato e empresa não se pronunciaram sobre os termos do acordo.

Ciente de que houve avanço nas negociações entre o sindicato dos trabalhadores e a empresa, a Prefeitura optou por não reapresentar pedido ao Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15) para que a Justiça obrigasse a manutenção do serviço considerado essencial.

Na tarde de ontem, o desembargador Eder Sivers não conheceu a tutela cautelar movida pela Prefeitura de Limeira. O magistrado nem analisou o novo pedido porque já existe uma outra ação, com as mesmas partes e objetos, que tramita no tribunal desde junho.

O desembargador apontou que eventual pedido de manutenção do contingente da frota deveria ser feito pelo Município por mera petição nos autos que já tramitam no TRT-15.

Compartilhe

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

sete + 14 =

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.